sábado, 23 de novembro de 2013

A MINHA PROFISSÃO

Depois de um caminho cheio de diferentes histórias é no ano 2013 que eu escrevi uma das linhas mais importantes, “sou licenciada”.
Passei pelos papéis, telefones, computadores, pessoas ao balcão e dossiers, a caneta na sua função de “secretária” era o futuro que eu via como possível para o meu caminho e a minha história, afinal andar sobre rodas não me deixava deslizar por muitas hipóteses. Agora penso, seriam as rodas ou as cordas que amarravam os meus pensamentos e sonhos?
Desde pequenina, sim, ainda não cresci muito (sorrisos), mas o tamanho não é para aqui chamado, que vivo agarrada à televisão, desenhos animados claro, mas o que mais me prendia eram as novelas, brasileiras... eu sabia sempre tudo, a história, as personagens e até o que iria acontecer mais à frente... mas eu sabia mais. Com tão pouca idade, 6 ou 7 diria eu, eu sabia o que era o projac, sim eu disse o projac, o centro de produção da rede globo no Brasil. Eu sabia que era lá que se reunia tudo, tudo o que era preciso para se fazer uma telenovela, os cenários, às câmaras, os camarins, os objetos que utilizavam na decoração das “casas”... tudo, eu sabia que lá existia uma “cidade” completa que a televisão transformava em ficção.
Quando via televisão deixava-me envolver nas histórias que alguém escreveu, mas também ficava ali, a imaginar o que estaria acontecer por trás da câmara, sempre.
No entanto nunca pensei que era no audiovisual que estaria a minha profissão de sonho. É verdade, a vida encarregou-se de me guiar por várias histórias que me levaram a entrar para a universidade, o mundo do som e da imagem é mesmo a minha área profissional. Hoje sei, hoje sinto que valeu a pena todo o meu percurso, valeu a pena a minha licenciatura, os últimos três anos da minha vida.
Agora os sonhos continuam, a vontade é estagiar, trabalhar e aprender cada vez mais e mais, aquela aprendizagem que só a experiência ensina.
Vejo-me a transformar as imagens em um projeto único, completo, a edição de imagem é algo que me completa ainda mais.
É um mundo difícil de entrar, competitivo, mas é também isso que o torna apetecível, que dá vontade de não desistir, de continuar a acreditar que sou capaz e que um dia o sonho audiovisual completasse.

Vamos lá atrás da oportunidade para mostrar do que sou capaz ;)


terça-feira, 5 de novembro de 2013

10 ANOS!

É verdade, hoje ele faz 10 anos de vida e a pouco mais de um mês faz 10 anos que me acompanha... é uma vida, diria eu, é uma história de amor e carinho de quem afirma ter um verdadeiro amor e grande respeito por eles, os animais. É um companheiro no silêncio da tarde, nos passeios à rua que nós os dois tanto gostamos, na sua gulosa vontade em trincar tudo o que como, no seu bom dia com o rabo abanar e o seu delicado sentar aos meus pés e rodas para que lhe afague o volumoso pelo que o compõe.
Trocamos olhares, mimos e momentos que são e serão só nossos... foram até agora 10 anos, que sejam agora os que tiverem que ser mas que continuem a ser sempre da mesma qualidade dos que até aqui passaram. Sei que ele não lê o que escrevo mas sei que sabe o que sinto por ele tal como eu sei o que ele sente por mim. Sim, ele chama-se Fofo à 10 anos :D